Domingo, 14 de Julho de 2024
17°

Tempo nublado

Balneário Piçarras, SC

Política Eleições 2024

Câmara de Barra Velha mantém decisão e não vai rever contas do ex-prefeito Valter Zimmermann, que continua inelegível

Procurador jurídico reafirma regularidade do processo e desconsidera declarações de Tainha sobre inconsistências no processo e pressão política.

28/06/2024 às 13h56 Atualizada em 28/06/2024 às 14h09
Por: Redação
Compartilhe:
Valter Zimmermann continua inelegível com base na rejeição de contas de 2005-2026.
Valter Zimmermann continua inelegível com base na rejeição de contas de 2005-2026.

A Câmara de Vereadores de Barra Velha anunciou que não irá revisar o processo de votação das contas do ex-prefeito Valter Zimmermann (DEM) que transformou inelegível. A procuradoria jurídica do legislativo afirmou que todos os processos seguiram os trâmites normais, exceto o do falecido Samir Mattar, que não teve defesa devido ao seu falecimento. Charles Sant Clair, procurador jurídico, destacou que sua análise é estritamente legal e não política.

Continua após a publicidade
Anúncio

O caso ganhou repercussão após Eduardo Peres, conhecido como Tainha, ex-presidente da Câmara, declarar que foi pressionado a votar as contas de Zimmermann para impedir sua candidatura. Peres também alegou a falta de documentos devido a infiltração de água no arquivo. Sant Clair refutou essas alegações, afirmando que todos os documentos estavam disponíveis e que não há intenção de rever as decisões tomadas, garantindo que o processo foi conduzido com ampla defesa.

Continua após a publicidade
Anúncio

Sant Clair frisou que "havia um inquérito civil do Ministério Público determinando à Câmara de Vereadores que procedesse com o julgamento de todas as contas pendentes. Tanto estavam como ainda estão disponíveis para consulta.” Ele ressaltou que a Câmara não pretende derrubar contas, rever decisões ou provocar qualquer nulidade no processo. A manutenção da decisão impede a candidatura de Zimmermann, mantendo-o inelegível.

Reações Políticas

O vereador Claudionir Arbigaus, o Pulga, expressou surpresa com a declaração de Peres, criticando a alegação de pressão política. “É muita cara de pau fazer uma declaração dessa”, disse Pulga na tribuna. Ele destacou que era responsabilidade do presidente determinar a pauta das votações.

O vereador Marciel Berlin também refutou a existência de pressão política, acusando Peres de agir por conveniência própria. “Ele veio com essa tese de que ia passar Barra Velha a limpo e colocou as contas em votação”, afirmou Berlin.

Marcelo Nogaroli desafiou Peres a apresentar provas da pressão política, ressaltando que “quem fez pressão foi ele para colocar as contas em votação na época por conveniência política”. 

Pulga completou dizendo que é necessário esclarecer os interesses por trás das declarações de Tainha, que não foi encontrado para comentar.

As declarações estão disponiveis em https://www.facebook.com/watch/live/?mibextid=WC7FNe&ref=watch_permalink&v=455324827393824&rdid=sLlACBwBgd3GNEkQ


O espaço continua aberto para o ex-presidente e ex-vice-prefeito Eduardo Peres, o Tainha.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Barra Velha - SC
Barra Velha - SC
Sobre o município
Balneário Piçarras, SC Atualizado às 20h01 - Fonte: ClimaTempo
17°
Tempo nublado

Mín. 15° Máx. 16°

Seg 17°C 15°C
Ter 18°C 14°C
Qua 22°C 15°C
Qui 17°C 14°C
Sex 21°C 15°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes